Blog

Passo 2: Como RECOLOCAR ácido clorídrico em seu estômago?


Após termos REMOVIDO os fatores agressores para um bom funcionamento do trato digestivo, falado nos posts anteriores , agora vamos ao segundo passo: RECOLOCAR ( a acidez do estômago em seu pH ideal) .

Vamos entender primeiro, de uma forma bem fácil como funciona nosso trato digestivo.

Nossa digestão começa pela boca ,onde os dentes tem um papel de triturar os alimentos em pedaços menores para que possam ser engolidos , passar pelo esôfago ( que temu m pH de 7,0) e chegar ao estômago, que funciona como um liquidificador , e transforma o alimento em uma "sopa ácida" chamada quimo pela ação do suco gástrico que tem um pH ideal entre 1e 2( bem ácido).

Esta "sopa ácida" sai do estômago e vai para o duodeno ( porção inicial do intestino) que liberará uma enzima, colecistoquinina(CCK), que estimulará a secreção de bile ( pela vesícula biliar) e enzimas pâncreáticas digestivas que terminarão de digerir o quimo para que as proteínas que foram quebradas em aminoácidos, as gorduras que foram quebradas em ácidos graxos e os carboidratos que foram quebrados em glicose, frutose e/ou galactose, sejam absorbidos no intestino , assim como os minerais e vitaminas da dieta.

> Principais fatores que diminuem a produção de ácido clorídrico (hipocloridria):

  • Estresse

  • Alimentos industrializados , processados e refinados

  • Uso de antiácidos e inibidores de bomba de protones ( pantoprazol, omeprazol, lanzoprazol , ranitidina, cimetidina , etc.)*

  • Uso de medicamentos

  • Idade : estudos mostram que aproximadamente 50 % das pessoas acima dos 60 anos, apresentarão deficiencia em sua produção.

Infelizmente, muitos colegas médicos que utilizam da abordagem da Medicina Convencional ,a que aprendemos na faculdade, ainda tratam seus pacientes frente à hipocloridria ,com seus conhecimentos obsoletos, dando ao paciente estes medicamentos que inibem a produção de ácido clorídrico, aumentando ainda mais o pH , ou seja, diminuindo a acidez, agravando estes sintomas ou em alguns casos, apenas mascarando-os. E isto acontece porque ao elevar o pH do estômgo para 6 - 7, o refluxo do bolo alimentar que estava ácido, agora fica alcalino, e não irrita mais a mucosa do esófago que também é alcalina ( pH = 7), dando a sensação de que houve melhora dos síntomas , entendeu?!!

Sem uma acidez apropriada do estômago , pode haver: infecção por H.pilory, má absorção de nutrientes por alteração da permeabilidade intestinal ( “Leak gut síndrome), alteração da flora bacteriana ( disbiose), crescimento de microorganismos patogênicos ( que morreriam frente a um pH ácido), intolerâncias alimentares, dentre outras. Com isso inicia-se um proceso inflamatório sistêmico que pode desencadear uma série de doenças como: alergias, doenças auto-imunes, diabetes, dislipidemia, hipertensão,hipotireoidismo etc.) .

Existe uma condição pouco comum que é a Hipercloridria ,onde há um aumento da produção de HCl pela presença de um tumor produtor de gastrina (Gastrinoma) ,presente no duodeno ou no pâncreas, também conhecida como Síndrome de Zollinger-Ellison (ZES) ou hipergastrinemia .

> Principais sintomas de Hipocloridria ou Acloridria ( ausencia da produção de HCl):

  • Azia

  • Refluxo

  • Arrotos

  • Sensação de inchaço

  • Indigestão

  • Constipação

  • Mau hálito

  • Alergias alimentares

  • Indisposição

  • Fadiga

  • Asma

  • Acne

  • Pedras na vesícula

  • Descalcificação dos ossos e osteoporose

  • Artrite reumatóide

  • Anemia

Você imaginava que uma “simples” Gastrite leve,poderia desencadear tanta coisa em seu organismo?!!!

Por isto a importância de saber como está o pH do seu estômago! Desta forma você poderá discutir com seu médico a melhor abordagem terapêutica!

Existem diferentes métodos diagnósticos para isto, como o Sistema Heidelberg , pHmetria, Endoscopia digestiva, Provas de Cinesiologia Aplicada e o Teste do Bicarbonato , que falarei no próximo post. Acompanhem!

> Evite consumir alimentos sólidos com líquidos, pois os líquidos diluem o suco gástrico, retardando a digestão e o esvaziamento do estômago.

> Tome líquidos até 30 minutos antes de comer ou espere pelo menos 1 hora após ter comido. Mastigue bem os alimentos, nossa digestão começa na boca, e lembre-se: no estômago NÃO têm dentes!

> As folhas de boldo, a beterraba e a alcachofra podem ser consumidas para estimular a secreção de biles.

Featured Posts
Archive
Follow Me
  • Grey Facebook Icon
  • Grey Twitter Icon
  • Grey Instagram Icon
  • Grey Pinterest Icon

        São Bernardo do Campo - SP         Av. Caminho do Mar

1850, sala 31

+55(11)94200-3337

 

  • White Facebook Icon
  • White Instagram Icon

São Paulo - SP

+55(11) 95070-8884